Se você tiver alguma reclamação e/ou sugestão, por favor, envie um e-mail para: progmusicparadise@gmail.com
If you have any complaints and/or suggestions, please send an e-mail to: progmusicparadise@gmail.com

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

J.E.T. - Fede, speranza, carità - 1972 (Progressive Rock {Itália})

J.E.T. foi uma banda italiana que lançou alguns álbuns no início dos anos 70, dos quais o segundo é de particular interesse para os proggers. Seu estilo é uma reminiscência da Museo Rosenbach e Il Balletto di Bronzo, mas mais agressivo. Após o lançamento de seu segundo álbum, alguns membros se juntaram ao ex-Museo Rosenbach Giancarlo Golzi, e mudaram o nome para Matia Bazar, uma banda de rock mais comercial que está viva até hoje.

O álbum de estréia homônimo da J.E.T. é uma compilação de 13 melodias pop, enquanto "Fede, speranza, carità", lançado em 1972, é radicalmente diferente. É um pedaço de prog sinfônico com excursões em folk, heavy rock, jazz e territórios clássicos. Possui bastante órgão Hammond, guitarra agressiva, uma seção rítmica sólida e alguns vocais italianos dramáticos (parecidos com o falsete, reminiscentes da New Trolls) realizados com confiança. O álbum está cheio de boas pausas e mudanças de tempo com a primeira metade enfatizando o lado agressivo da banda. A segunda metade carrega linhas mais melódicas, exibindo um material mais leve, mas cheio de belas passagens. Eu ouso dar destaque às faixas: "C'e chi non ha" e "Sinfonia per un re".

⭐⭐⭐⭐⭐

J.E.T. was an Italian band who released a couple of albums in the early 70's of which the second is of particular interest to proggers. Their style is reminiscent of Museo Rosenbach and Il Balletto di Bronzo but more aggressive. After the release of their second album, some members joined ex-Museo Rosenbach's Giancarlo Golzi and switched the name to Matia Bazar, a more commercial rock outfit that is still alive today. 

J.E.T.'s eponymous debut album is a compilation of 13 melodic pop tunes whereas "Fede, speranza, carità", released in 1972, is radically different. It's a hard-edged piece of symphonic prog with excursions into folk, heavy-rock, jazz and classical territories. It features plenty of Hammond organ, aggressive guitar, a solid rhythm section and some dramatic Italian vocals (falsetto-like, reminiscent of New Trolls) performed with confidently. The album is full of good breaks and shifting time with the first half emphasizing the band's aggressive side. The second half carries along more melodic lines, displaying some lighter material yet full of beautiful passages. I dare to highlight the tracks: "C'e chi non ha" and "Sinfonia per un re".

Membros
Piero Cassano - teclados
Pucci Cochis - bateria
Aldo Stelita - guitarras, vocais
Carlo Mallare "Bimbo" - baixo,
marimba, violoncelo, vibrafone

01. Fede, speranza, carità
02. Il prete e il peccatore (Fede)
03. C'e chi non ha (Speranza)
04. Sinfonia per un re (Carità)
05. Sfogo
06. Gloria, gloria (bonus)
07. Guarda coi tuoi occhi (bonus)

Mp3 320kbps and full artworks: enjoy!

J.E.T. - Fede, speranza, carità - 1972 (full album)

Nenhum comentário: